sábado, 16 de janeiro de 2010

Aos Anónimos

Para quem costuma ler este blog, desde o pessoal do ICBAS, discente e docente, ao pessoal das outras Faculdades de Medicina, não nos esquecendo dos que vêm aqui parar à procura de gajas nuas, de certo terão reparado que este blog tem sido um local de ardente discussão entre anónimos.

O que por si só não é má coisa, já que o anonimato traz a honestidade ao de cima, e qualquer problema interno que possamos ter é logo denunciado. O grande problema, como é claro, são os que abusam dos comentários anónimos para simplesmente insultar. De certo que terão altas teses e explicações para tais afirmações, mas há limites que não deviam ser ultrapassados.

Muita gente tem sugerido que se acabe com os comentários anónimos, que passe a ser tudo assinado (curiosamente, dizem isso como anónimos), para que não hajam abusos destes. O que me levou à decisão de...

... deixar a opção dos comentários anónimos.

Sim, como já disse várias vezes, a ideia deste blog foi sempre a abertura, e proibir os comentários anónimos iria contra esse ideal, porque ao tirar a opção dos comentários anónimos, as únicas opções que ficariam envolveriam registos no blogger ou locais semelhantes, e isso, na minha opinião, iria restringir a vontade de responder às perguntas e dúvidas que colocam no blog.
A outra opção seria a moderação, mas essa tem o inconveniente de me queimar tempo que preciso para a minha vida, além de que ia remover muita da dinâmica das discussões que ocorrem aqui em baixo, com comentários a serem publicados horas depois de terem sido submetidos.

Agora, quando tiver tempo, claro que moderarei aqui o estaminé, mas há alturas em que não posso, e é mesmo por isso que os comentários ficarão livres. Sim, leram bem. É que alguém pode ter uma dúvida para o exame de amanhã (isto é um exemplo!) e eu já estar a dormir e a ressonar que nem um porco. Nesse caso, o comentário dessa pessoa seria apenas publicado depois do exame, quando já não valeria de nada.
É por essas coisas que eu acredito que devem ser livres.

É claro que há pessoas que ao esconderem-se atrás do computador ficam com uma raiva assassina, ou simplesmente gostam de criar confusão. O importante nesses casos é não lhes ligar nenhuma. Não lhes respondam. Por muita vontade que dê, tentem controlar-se. Apesar de não ser o melhor exemplo (os comentários ontem sobre a professora Mariana deixaram-me algo doente pelo que terei dado trela a mais), tentem não descer ao nível deles. Há um ditado que diz que quando conversamos com alguém estúpido, para não descermos ao nível dele porque aí nos ganha com a experiência, e é por aí que nos devemos guiar.

Para terminar este assunto, asinem os comentários. Ao assinarem, nem que seja com iniciais, dá para manter uma conversa minimamente decente e contínua. Nicks familiares são mais prontamente atendidos, podem ter a certeza disso.


Agora, em relação ao assunto que deu tanta polémica e que tanta gente diz ser terrível estarmos aqui a falar dele porque é mau para a reputação do ICBAS e não sei que mais. O que digo é isto:

- sim, foi entregue uma frequência com as respostas assinaladas, que foi recolhida, e entregue outra com a mesma ordem das perguntas.

- sim, foi um erro da regente dar exactamente a mesma, mas também há que ter em conta que em situações de stress é dificil pensar com clareza, e que se calhar nós teríamos feito o mesmo. Mandar bitaites depois de algo acontecer, quando já temos toda a informação é fácil, mas queria ver quantos de vós fariam o mesmo ou pior na mesma situação.

- sim, as notas permaneceram iguais porque o Conselho não se decidiu, deixando a professora sem resposta a poucas semanas da 2a frequência. E sim, a burocracia no ICBAS é lenta, mas isso já todos sabíamos desde a época das equivalências (que este ano conseguiram despachar! a pouco e pouco havemos de chegar a um ICBAS sem burocracias! x).

- sim, a segunda frequência foi estupidamente dificil, parecendo mais imagiologia e clinica que sistemática, acabando por prejudicar não quem usou a "ajuda" na primeira, mas quem não a utilizou e tirou nota baixa. Se foi de propósito ou não, se foi uma vingança ou apenas um sobrestimar das nossas capacidades, não vou aqui discutir.

- e sim, há pessoas que vieram aqui demonstrar o seu desagrado, algumas que se exaltaram de mais, outras que simplesmente vieram semear confusão porque estavam aborrecidos em casa.

Ou seja, neste magnifico triângulo, nenhum dos vértices foi particularmente santo.

Se alguém está chocado por no ICBAS existirem confusões e discussões por causa de notas, por ninguém andar de acordo, por haver pessoas estúpidas que só sabem insultar os professores sem pensar nas consequências, por a burocracia ser lenta, por haver represálias e não sei que mais, é porque não reparou que o ICBAS tem pessoas. Sim, pessoas que não são robots, que têm sentimentos, sejam eles bons ou maus, desde a bondade ao egoísmo, temos de tudo, e acho muito bem que tenhamos.

Porque o que nos espera lá fora, quando acabarmos o curso, não será muito melhor, e quanta mais soubermos sobre a condição humana, mais preparados estaremos.

Intrigas destas há em todo o lado e que atire a primeira pedra quem nunca esteve numa meio duma.

Podem achar que isto nos vais deixar mal perante as outras faculdades (embora estas também tenham as suas ocasionais porradas), que nem se devia saber. Que devíamos esconder isto debaixo do tapete. Mas não devemos. Quem esquece a história está destinado a repeti-la, e é exactamente por isso que isto não deve ser esquecido, para que erros destes não assombrem as gerações vindouras.


P.S.: Caso alguém que não seja do 2º ano MIM do ICBAS, tenha lido isto e os comentários que por este blog se espalham, quero que tenha em conta que estas bocas anónimas e insultuosas são uma minoria, que só parecem muitas, porque fartam-se de gritar para calar as outras, a grande maioria silenciosa. Tenham isso em atenção antes de fazerem juízos de valor.

Ter também em atenção que isto tudo é uma opinião pessoal.
(uma muito longa... desculpem me por isso x)

88 comentários:

  1. dani, el ace, ventura16 de janeiro de 2010 às 00:14

    acho que nem vale a pena continuar a mexer em certos assuntos, pois como sempre ouvi dizer, a trampa quando muito remexida cheira mal.
    acho que o que tu disseste é o mais esclarecedor possivel.
    agora, àqueles que o atacam, parem, e pensem. ele nao merece ser atacado, porque o que ele faz por nós é de um valor inestimavel, que ainda nao acabou nao sei como...

    tommy, ao que tu fazes por nós, o meu bem haja!
    saudaçoes

    ResponderEliminar
  2. Este admnistrador é grande! Nunca escrevi nada em modo anónimo, mas que eles decorem bem essas palavras e aprendam alguma coisa!

    Ás 24.02 escreveu-se e ditou-se uma nova Era
    No meio da confusão, sangue e ofensa
    O Imperador saiu do seu trono de pedra
    Derrubando os infieis com a sua crença!

    Pura e simples
    Talvez complexa no ideal
    Os ingratos seguem a pancreaticoduodenal!
    (sim é já à direita!)

    Avé Tommy!
    Força Biomédicas!

    Carago! Ordem pá!

    ResponderEliminar
  3. Até já venho cá com mais calma!

    ResponderEliminar
  4. Este assunto é interno e nao devias andar a publicar isto no blog.
    Se te queixas que nao tens tempo para moderar, arranja quem ajude. Voluntários concerteza que nao faltam porque este bog é uma boa ajuda.

    Agora vir publicar estas coisas para a praça publica é manchar o nome da faculdade.

    Vês a outras faculdades viram lavar a roupa suja em publico?

    Ultimamente este blog só tem criado mau ambiente.

    ResponderEliminar
  5. Tem tão mau ambiente que ainda cá vens! Ooopps, saiu-me!

    ResponderEliminar
  6. N.POM: Obviamente que cá venho. Este assunto também me diz respeito e continuo a usar este blog para o meu estudo.

    Isso nao muda a opiniao e qualquer pessoa que frequente este espaço consegue perceber que ultimamente o que mais se encontra aqui sao discussões parvas e insultos.

    ResponderEliminar
  7. dani, el ace, ventura16 de janeiro de 2010 às 00:36

    entao, nao comecemos mais uma e fiquemos por aqui, por favor, que acho que ja estamos todos fartos

    ResponderEliminar
  8. Acho que tiveste uma óptima atitude Tommy em ter reposto os comentários moderados do post anterior.
    Cada um é responsável por aquilo que diz e se de facto há pessoas que não respeitam ninguém, não és tu nem ninguém responsável por isso, só porque o blog é teu.
    A todos Boa sorte para os exames...

    P.S: Anatomia foi de facto tão difícil (e um exame que pouco avaliava os reais conhecimentos anatómicos) que eu vou ter que fazer por exame...

    ResponderEliminar
  9. Concordo com a parte de que há coisas que nem devem ser divulgadas! Assuntos comos os de anatomia merecem ser discutidos mas não valorizar a sua divulgação perante outras pessoas de fora, faculdades etc. É que não sei se sabem isso é denegrir a imagem da nossa própria casa,dos nossos professores, e como nossa casa que é deviam prezar por resolver os assuntos INTERNAMENTE, e não ir dizer "olha a minha faculdade é uma m****, a professora x não vale nada e nos fizemos essa cadeira sem saber nenhum". Essas problemas e muitos outros existem nas outras faculdades acreditem nisso, mas nunca ninguem os faz por andar a contar a meio mundo o que se passa, tal como os vossos problemas familiares se os tiverem nao vao andar a divulga-los a toda a gente.
    Aprendam a ver os erros, a saber discutílos, mas acima de tudo aprendam a ser tolerantes. Ao longo da vossa vida e certamente como futuros médicos, os erros acontecem e acontecem porque a perfeição não está ao nível de ninguem. Não sejam egoístas ao ponto de querer que a perfeição esteja em todo o sítio, porque chegará o dia em também voces vao ser "vitimas" e a serem condenados por erros que fazem! E como dizes bem não somos robots, nao somos perfeitos, e repreender uma professora pelo erro que cometeu tudo bem, encontrar a forma justa de o fazer tudo bem, agora chegar ao ponto de a ridicularizar é o cúmulo.Depois não se admirem que alguem vos dificulte ainda mais a vida!

    ResponderEliminar
  10. alguem sabe quais os principais exercicios p epidemio?
    por favor...i am deseperated!!!!!!!!

    JB

    ResponderEliminar
  11. Os problemas são para ser discutidos com transparência, para que outros possam aprender com os nossos erros.
    Não digo que os erros não acontecem, só digo
    que não devem ser escondidos.

    O bom nome da Casa não se constrói com o esconder dos problemas, mas sim com as nossas iniciativas, com o que fazemos de bom.
    E apesar de pertencer ao ICBAS, e adorá-lo como tudo, não vou cair numa espécie de patriotismo cego e fechar os olhos a este tipo de coisas.

    As coisas são para ser ditas, e se o pessoal das outras faculdades aprender com os nossos erros, melhor. O mundo não é só o ICBAS. Existe uma sociedade inteira lá fora e não é fechando-nos sobre nós mesmos que a vamos melhorar.
    Essa ideia do nós contra eles em relação a outras faculdades é contraprodutiva para dizer o minimo.

    ResponderEliminar
  12. A questão se coloca é o que é que estamos a ensinar para fora.Para sermos concretos o que é que ensinamos para fora por exemplo com essa história de anatomia, o que é que melhorarmos graças a isso: nada! Esse tipo de problemas para mim são problemas internos, que envolve alunos e professores do icbas e não é questao de o icbas fechar-se em si próprio ou não. Porque eu tenho a certeza que os problemas não vão ser aqui resolvidos,e não me parece que alguem de fora esteja interessado em resolve-los. Para alguma coisa existem as reuniões.
    E não é com isso que estamos a construir o bom nome da nossa casa,nao estamos a melhorar o ensino, estamos sim a tentar consertar erros e muitos a tentarem tirar proveito deles e é nessa injustiça que se causam as discussoes que nao levam a nada. Porque no final de tudo cada um puxa a brasa à sua sardinha resumindo-se no fim tudo a uma "pseudo-democracia". Por exemplo alguem aqui se queixa por ter aquela cadeira que se estuda de vespera e que fica feita e que no entanto não serviu praticamente para nada, essas ninguem discute porque nao lhe convem porque é muito mais cómodo.(Até para mim é). E sim a relação do nos contra eles existe sempre, e se não é por nossa iniciativa é por iniciata do outro lado. Competividade há em todo lado, e o que conta no final é em muito a imagem que se passa, a qualidade de ensino que se faz,etc. E a filosofia tem que ser essa: Há problemas, vamos resolve-los e aí sim mostramos aos outros que realmente temos cabeça para pensar e para resolver bem as coisas. Não é dizer há problemas, e vá agora riam-se da nossa desgraça, e o assunto fica por aqui.


    E outro promenor, isso é um sitio publico de muito facil acesso em que cada um mete o que lhe apetecer. Discussoes do tipo a "mariana de joelhos é que era" de certeza que é algo que para fora ensina muito sem duvida fazendo passar uma imagem de uma estupidez descomunal...Agora imagine-se que eu sou a mariana e leio esses comentários, claramente os iria achar agradáveis e ficaria muito congratulada por isso.
    Nao subestimo de maneira nenhuma o trabalho que aqui é feito (até é mesmo de louvar) agora é sim necessário que se controle muitas cabeças de vento e muitas diarreias mentais que por aí andam, e para isso há muitas maneiras (que nem é preciso referir).
    Enfim são mera opiniões :P. E boa sorte para epidemio para quem for xD

    ResponderEliminar
  13. desculpem lá, mas ó tommy tu q tanto prezas o bom senso, já cheiras mal c essa conversa do politicamente correcto!!!
    falem d exames q é o q importa neste momento e deixem esses duelos para qd entrarem em aulas! vao pa uma arena romana ou o raio q os parta, mas parem com isso que ja enerva!!!!!!!!!!!

    Eu

    ResponderEliminar
  14. se tiveres um tempinho tenta scannizar as praticas pfv pelo menos as mais importantes tipo mortalidade sobrevivencia e RR (eu sei q tu avisaste mas eu n fui a fac xD) nao acredito que vou perder 2 dias a estudar isto e depois vou chumbar

    ResponderEliminar
  15. Acham q o exame de epidemio pode ser semelhante ao exame da epoca normal de 2006/2007????

    já agora, alguem tem a resolução desse exame? dava tanto jeito!!

    ResponderEliminar
  16. Eu só acho que o que nos está a acontecer com Anatomia é demais... E se nós não fizermos nada os nossos colegas que aí vêm vão continuar a levar com o mesmo tipo de atitudes pq as pessoas não mudam! Eu, se ainda viesse a ter anatomia II, gostava que os meus colegas fizessem algo para tirar a Prof Mariana daquele cargo. Ela já deu mais que nas vistas que n tem competencia para tal. Como dizes Tommy, ela decidiu dar a mesma freq sem alterar as perguntas e decidiu sobre stress, tb concordo... Mas dps disso ela teve muito tempo para pensar e o q tinha a fazer era assumir as consequencia que advieram dessa decisao dela, mesmo tendo sido uma decisao "a quente".
    Pelo contrario, despachou a decisao para o pedagogico e ainda dizia com os maiores sorrisos que a freq iria ser anulada, antes do pedagogico dizer algo. Foi quase obrigada a não o fazer, entao nao teve mais: atitude de vingança na 2ª freq... Acho que isto demonstra o muito mau caracter dela.
    Para alem disso, as notas desta 2ªfreq nada vao ter a ver com as 1ªfreq, devido à diferença de grau de dificuldade, mas vamos ouvir bocas dela, dizendo que foi devido aos copianços da 1ªfreq.
    Isto vai ser certo.

    Para o ICBAS continuar a ser ums instituiçao de renome e ser dos melhores a ensinar Medicina, temos de agir. Falar com a AE e a AE reunir-se com Pedagogico, Directivo, etc. Que eu saiba so se é regente de uma cadeira por concurso (vi no site do ICBAS), devem ter contrato q é renovado,.. se alertarmos os orgaos maximos do ICBAS para os problemas q têm acontecido, pode ser q eles façam algo.
    Se calhar, nós estamos a ter estes problemas todos pq ela ja noutros anos fez asneiras, mas os alunos nao tomaram nenhuma atitude..entao continuamos a acarretar as atitudes dela. Eu sinceramente acho que deveriamos comunicar isto tudo a AE.


    Mister B

    ResponderEliminar
  17. Esqueci-m de referir os problemas desta 2ªfreq:

    - saiu materia da freq passada, tipo digestivo, respiratorio e angiologia.
    - demasiada clinica e imagiologia (e imagiologia q nao se percebiam, parece que foram escolhidas a dedo), estamos em Sistematica II e NÃO EM CLINICA!!!!
    - tempo de 35min, qdo para fazer numa hora, ja era para fazer a correr.


    Mister B

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  19. Marta, eu sei q tens de estudar, cmo tds nós, tiveste o azar de ficar encarregada pela disciplina q tem dado mais problemas.

    Acho q deviamos ter uma reuniao de Ano para discutir alguns assuntos.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  20. Estou ctg Mister B. Não podemos nem nos devemos calar. A união faz a força, temos que agir em bem dos alunos e da instituição...


    Mister C

    ResponderEliminar
  21. ya, alguem tem a resolução do exame d epidemio daquele ano?

    Corleone

    ResponderEliminar
  22. Mister C:
    é o q eu penso! o facto do ICBAS ser uma instituiçao de renome a ensinar Medicina tambem se deve aos alunos...temos q manter isso. E manter isso é alertar os orgaos maximos para os problemas GRAVES que se passam entre nós e os professores e que para esses orgaos maximos, lhes passa ao lado...


    Espirito Biomédicas!


    Mister B

    ResponderEliminar
  23. Então ajam em vez de andarem paqui a arrotar umas postas!!
    Serve-vos de alguma coisa andarem paqui a falar? Contactem a comissão, organizem os colegas!
    Vocês nem se identificam para começar! Vão mandar também mails anónimos para os orgãos máximos?

    A sério pah, isto já cheira mal. É pessoal a pedir ajuda pa outras frequencias e vocês sempre a comentar "ah a professora não tem competência, bla bla bla".

    Não se cansam de se queixar sempre da mesma merda?

    JCA

    ResponderEliminar
  24. Concordo JCA..

    Sem comentarios!

    ResponderEliminar
  25. mais do que a imagem que damos as outras faculdades, pior que isso, é a imagem que deixamos para a sociedade. nos vamos ser medicos vamos ter que tratar de toda a gente que nos apareça a frente, temos uma profissao em que teremos de ser educados e respeitar todos sem excepçao (ponham os olhos no prof Laranjeira). o orgulho que eu ia dar a minha familia ou aos meus amigos se dissesse que os meus colegas, que vao tratar deles daqui a 5 anos tratam uma professora como o trolha que ta a fazer a casa aqui ao lado.
    parece que os professores tambem vêm ca ler isto, e eu digo que se fosse professor e visse alunos meus a fazer isto ia ter muito prazer em dificultar-lhes a vida...

    ja quanto a epidemiologia eu n tenho esse exame!

    ResponderEliminar
  26. Bem, eu fui a esta segunda frequência de Anatomia e reprovei, pois claro. Posso ir a exame? ou agora fica para recurso?

    Muito Obrigado

    ResponderEliminar
  27. Quais as fichas mais importantes para o exame de epidemiologia?

    ResponderEliminar
  28. ouvi dizer q a 11 era..o resto nao sei..se alguem souber diga!

    ResponderEliminar
  29. podes ir a exame.
    a padronizaçao ajustada deve sair tb agora o resto nao sei..
    ela na pratica também falou em taxas e proporçoes..

    ResponderEliminar
  30. suponho entao que sai taxas de mortalidade e afins

    ResponderEliminar
  31. por acaso ninguem tem um formulario de epidemio com as formulas todas num so documento?

    ResponderEliminar
  32. a prof da formulario e diz que se faltar algo diz no exame
    von

    ResponderEliminar
  33. ah ok...entao se for so aplicar as formulas n deve ser dificil

    ResponderEliminar
  34. Para epidemio podemos levar qualquer máquina calculadora?
    Até a gráfica?

    N*

    ResponderEliminar
  35. POdemos sim levar a máquina que quisermos.
    A professora disse...
    E até disse que não as ía verificar, como é lógico.
    Até porque ela dá formulário...

    Já agora em relação a Histologia, se só vamos saber se fazemos o prático na sexta ou Sábado no fim do teórico, então é porque sabemos logo se passámos ou não, não é?

    ResponderEliminar
  36. Olá alguém me sabe dizer se há exames de histologia? Ou reformulando costumam sair perguntas de exames passados?

    ResponderEliminar
  37. Alguem me pode explicar o modelo aditivo e multiplicativo na pergunta 4 da ficha 11 de epidemio?

    De onde aparece aquela tabela com aqueles valores de 12,5; 50 etc. Como se chega a eles... nao percebo nada daquilo!

    Thank you

    ResponderEliminar
  38. 1639, o modelo aditivo e multiplicativo serve para descobrir se existe sinergia entre dois factores. Ou seja, se dois factores juntos causam mais danos do que a soma dos seus efeitos individuais.
    Digamos, se A aumenta o risco em 10%, e B em 5%, se não tivessem relação entre si, o efeito conjugado seria de 15%. Mas se há sinergia, esse valor será mais elevado.
    Se é mais elevado que a soma dos dois e mais elevado que a multiplicação dos dois, tens a certeza que há sinergia. Se é mais elevado que a soma mas menor que a multiplicação, não tens tanta a certeza, mas podes assumir que sim (aqui as teorias divergem, há quem diga que sim, outros que não). Se for menor que a soma, então têm efeitos antagónicos.

    Agora em relação às tabelas, na tabela da doença normal, 4 quadrados. Um em que não há nem A nem B (o risco de doença os factores), um em que há A mas não B (o risco de doença com A), um em que há B, mas não A (o risco de doença com B), e um em que há A e B (o risco com os dois).

    Depois vais fazer outra tabela para o aditivo, em que deixas o espaço do A e B ao mesmo tempo em branco. A partir de subtrações entre "com B" e "sem A e sem B", e entre "com A" e "sem A e sem B", descobres o risco individual de A e de B. Depois somando esses mais o risco normal sem factores, vais descobrir o risco esperado, caso não houvesse relação. A soma pela soma. Aí tens o valor aditivo.

    Depois fazes o mesmo, mas para a multiplicação
    Divides um dos quadrados de "apenas um factor", por exemplo o B, pelo de risco sem factores. Depois multiplicas o outro factor, neste caso o A, por esse valor para obteres o valor multiplicativo, que será o valor esperado de A e B juntos caso haja factor multiplicativo.

    No fim, com esses dois valores, o aditivo e o multiplicativo, tiras a conclusão se há relação ou não de simergia entre os dois factores.

    A parte de como se calcula os valores foi dificl de explicar aqui, já que não há quadros, por isso talvez fosse melhor veres os slides da multicausualidade.

    ResponderEliminar
  39. Muito obrigado pela explicação ;)

    ResponderEliminar
  40. reaum allez!! vais sacar uma ganda 20!! obg

    ResponderEliminar
  41. Algumas perguntas:
    Os slides de AVC podem calhar?
    Exercicios com SPSS não, certo?
    Aquelas tabelas enormes de sobrevivência se calharem ela dá a formula toda e a tabela para completar, ou temos que saber construi-la? E o teste do logrank?
    Acham que poderá sair perguntas teoricas da materia ou é mais contas?
    Obrigado (e um obrigado especial ao (à) reaum)

    ResponderEliminar
  42. Reaum,

    Como nessa tal pergunta 4 da ficha 11, como se chega aos valores da 1ª tabela (idade e CO):12,5; 50; 20; 90.

    ResponderEliminar
  43. Reaum,

    Nessa tal pergunta 4 da ficha 11, como se chega aos valores da 1ª tabela (idade e CO):12,5; 50; 20; 90.

    Obrigada!

    ResponderEliminar
  44. Alguém sabe a q horas é o exame de epidemiologia?
    Já deveria estar no sigarra!

    ResponderEliminar
  45. 1826, essa última tabela é a do risco de insuficiência vascular.
    Para chegares ao 12,5, fazes assim:
    -vês que naquele lugar é a associação entre Não CO e <35. Ou seja, queres o risco dessas duas conjugadas.
    - para tal, vais às tabelas do exercício 2, da estratificação por idade. Aí escolhes a do <35, e vês o risco de contrair insuf. vascular não usando CO, ou seja, 5/40=0,125.
    - depois multiplicas por 100 apenas para efeitos estéticos (segundo a prof, para não trabalhares com muitas casas decimais)

    Para os outros quadrados, fazes a mesma coisa.

    ResponderEliminar
  46. 1855
    o calendario d exames está ha coisa de uma mês no sigarra! as 9 lol

    ResponderEliminar
  47. As fichas não têm a resolução da ficha 10?

    ResponderEliminar
  48. Óla,

    tb tenho duvidas nesse exercicio! como é que no modelo multiplicativo se passa do valor de 6,4 para 7,2 na ultima tabela?
    E as conclusoes? quer dizer q nao ha sinergia, pq 77,5+7,2 é menor que 90?!? É isso?

    B.

    ResponderEliminar
  49. Há possiblidade de arranjar a resoluçao da ficha 10?

    ResponderEliminar
  50. Olá!

    Na ficha 3, exercicio 2c), as soluçoes do prof estao certas? é que para chegar ao valor de 0.45 por 1000, ele não dividui a população por 2, como se deve fazer no calculo da tx de mortali// especifica por doença, ou estou enganada?

    OBG!

    ResponderEliminar
  51. 1928 obviamente q ja sei que o calendario de exames está no sigarra ha mais de um mês no sigarra. Mas não vejo em lado nenhum a que horas cada um dos exames está marcado...

    ResponderEliminar
  52. https://sigarra.up.pt/icbas/noticias_geral.noticias_cont?p_id=F1231901910/CALEND%C1RIO%20DE%20EXAMES%20-%20Medicina.pdf

    ResponderEliminar
  53. Óla,

    tb tenho duvidas nesse exercicio! como é que no modelo multiplicativo se passa do valor de 6,4 para 7,2 na ultima tabela?
    E as conclusoes? quer dizer q nao ha sinergia, pq 77,5+7,2 é menor que 90?!? É isso?

    B.

    ResponderEliminar
  54. Tava a carregar onde tinha matriz..por isso é q nao dava pa ver o horario. Obrigado

    ResponderEliminar
  55. Alguém sabe fazer a 5c e 5d da ficha 2?

    ResponderEliminar
  56. oh reaum responde-me tb a mim a questao que coloquei!
    Sê bonzinho(a) :))

    "tb tenho duvidas nesse exercicio! como é que no modelo multiplicativo se passa do valor de 6,4 para 7,2 na ultima tabela?
    E as conclusoes? quer dizer q nao ha sinergia, pq 77,5+7,2 é menor que 90?!? É isso?

    B."

    ResponderEliminar
  57. Já vi como se faz. Explica na página seguinte...

    ResponderEliminar
  58. Estava a referir-me claro à 5 c e 5d da ficha 2

    ResponderEliminar
  59. É preciso saber fazer as taxas ajustadas???

    ResponderEliminar
  60. Alguém me sabe explicar o exercício 5 da ficha 3?

    PP

    ResponderEliminar
  61. Na pergunta 2 da ficha 4 como é que fizeram a nova tabela. COmo sabiam os valores para o novo ponte de corte da glicose/diabetes?

    ResponderEliminar
  62. Esqueçam a última pergunta, está escrito na alínea 2.;)

    ResponderEliminar
  63. As soluções da pergunta 3 da ficha 4 da resolução das escadinhas estão mal;)

    ResponderEliminar
  64. Alguém me consegue explicar o exercício 13 (porque é que é a B?) e principamente o 14! da ficha 4 de epidemiologia?
    O 14 não faço a mínima ideia de como se faz...

    Obrigado

    ResponderEliminar
  65. E a pergunta 15C da ficha 4 como se faz?
    A resolução (que acho que é da Inês Carneiro) não está bem feita, porque está diferente das soluções.
    O que é o valor de K? o Que é o K?

    P.S: Para a Inês se ela ler isto - a propósito da resolução da 15 C escreve-se: se o médico classificaSSe e não "se o médico classifica-se..." xD
    De qualquer maneira obrigado pelas resoluções, estão a dar bastante jeito!

    ResponderEliminar
  66. No exercício 16 da ficha 4 está a dar-vos certo os valores?
    A mim para o VPP para 20% de prevalência dá 78% e para 10% dá 64.28%
    Já me fartei de procurar mas nao encontro nenhum erro.
    Serei eu que estou a fazer mal?

    ResponderEliminar
  67. Afinal dá certo se usar a fórmula que está nos apontamentos.
    Mas com a fórmula do valor preditivo positivo, que são os verdadeiros positivos a multiplicar pelos totais positivos não dá...

    ResponderEliminar
  68. Pessoal.. Alguém sabe se exercicios tipo os da ficha 5 tb vao saír?!?!?! Aquilo sao tabelas de Excel!

    ResponderEliminar
  69. O qu for de excel e de spss muito provavelmente não sai. É para fazermos cálculos à mão, logo têm que ser coisas simples... (acho eu). Além do mais a professora disse que ia colocar cálculos simples, com números "simples" para facilitar a confirmação dos resultados.
    Se bem me lembro ela na aula disse algo do género: "em AVC podem não sair contas. O resto terá contas.". Ainda acrescntou, entre outras coisas, que as contas para viéses podem ser para análise de erro de cálculos (foi isso que percebi). Sabem se há algum exercício nas práticas sobre isso?

    Bom estudo!

    ResponderEliminar
  70. As resoluções das escadinhas da ficha 11 no exercicio 2 estão mal ?

    ResponderEliminar
  71. 1241, o exercício que a Inês e o resto da turma fizeram na aula com o não era o mesmo da ficha, apesar de os passos serem os mesmos. A diferença está nos dados iniciais.

    ResponderEliminar
  72. Nao percebo a parte dos estratos e da formula MH. Alguem me pode explicar?

    Obg, :)

    ResponderEliminar
  73. Desculpa a demora B x)

    "tb tenho duvidas nesse exercicio! como é que no modelo multiplicativo se passa do valor de 6,4 para 7,2 na ultima tabela?
    E as conclusoes? quer dizer q nao ha sinergia, pq 77,5+7,2 é menor que 90?!? É isso?

    B."

    Nas resoluções, os valores esperados estão nas tabelas da direita. As tabelas da esquerda são os valores reais mas com a remoçao do valor do risco sem nenhum dos factores, segundo o aditivo e o multiplicativo.
    Ou seja 90-12,5=77,5 e 90/12,5=7,2
    Mas não precisas de fazer isto obrigatoriamente, podes usar as tabelas com os valores normais para a comparação.

    A conclusão tiras usando o valor real, 90, em comparação com os esperados pelo aditivo e multiplicativo, 57,5 e 80, respectivamente.
    Dizes que 90 é superior a ambos, e que por isso podes afirmar com certeza que existe sinergia entre os factores.

    1331, os estratos são para demonstrar que existe uma variação com a idade, e que por isso esta é um elemento confundidor. O RR MH serve para corrigir este efeito, e teres uma valor mais correcto.

    ResponderEliminar
  74. Alguem pode explicar o ex. 5 da ficha 3 por favor? Penso que para calcular as taxas especificas deveriamos dividir os valores de casos de tuberculose da tabela de cima (de cada "raça-sexo") pelo nº de individuos de cada "raça-sexo" da tabela do meio, mas nas soluções da prof dão valores completamente diferentes.
    obrigada

    ResponderEliminar
  75. O valor de RRMH na resuloçao da prof está mal?

    ResponderEliminar
  76. O valor está correcto. Deves ter-te enganado nos calculos.

    ResponderEliminar
  77. Alguem pode explicar o exercicio 4 da ficha 11?

    ResponderEliminar
  78. So mais uma coisa...nas tabelas do valor esperado como se chega ao valor 57,5 no modelo aditivo e 80 no modelo multiplicativo?(obrigado pelas explicações Reaum mas inda nao percebi esta parte...)

    ResponderEliminar
  79. Como se chega aos valores para construir a primeira tabela da esquerda no exercicio 4 da ficha 11?

    ResponderEliminar
  80. tb nao atingi o ex 5 da ficha 3
    reaum are u there? xD

    ResponderEliminar
  81. Alguem me pode dizer como se calcula o Valor preditivo de um teste negativo? Obrigada.

    ResponderEliminar
  82. alguem me sabe explicar o 7a da ficha 10?

    ResponderEliminar
  83. lipa: VPN = VN/(FN+VN) ou seja verdadeiro negativo/falso negativo + verdadeiro negativo ;)


    e como se calcula a quantidade de positivos apartir da sens e especif e prevalencia?

    ResponderEliminar
  84. Como se calcula o VPN no exercicio 16 da ficha 4?

    ResponderEliminar
  85. Alguem me pode explicar o exercicio 6 da ficha 10 por favor?

    ResponderEliminar
  86. Alguém sabe o 6 e 7 da 10?

    ResponderEliminar
  87. Parabens para quem fez o blog!a vossa disponibilidade para partilhar informação e conhecimento é louvável:-)bom estudo para todos!

    ResponderEliminar

Diz não ao SPAM! E aos insultos vulgares! (mas os originais são bem vindos) E não digas o meu nome real! A sério! Que eu apago! É que existe uma razão para o meu nome não estar no perfil... Estou no Programa de Protecção de Testemunhas o_0
E já me esquecia, os anónimos contam como meia pessoa para mim, por isso... assina os comentários!